Dúvidas relacionadas a estratégias de marketing, lançamento de produtos, investimentos, entre outras questões, estão muito presentes no dia a dia de todas as empresas. E o melhor jeito de conseguir as respostas certas para essas perguntas é através das análises preditivas.

Neste artigo, você entenderá o que são análises preditivas, por que são importantes e como utilizá-las para melhorar o desempenho do seu negócio. Confira!

O que são análises preditivas?

O conceito de análise preditiva é relativamente antigo. Isso porque as empresas sempre se basearam em ocorrências do passado para tomar decisões futuras.

Porém, a diferença é que hoje os gestores podem contar com tecnologias eficientes e seguras, como o Machine Learning, para realizar esse processo. Além disso, a quantidade de informações disponíveis na atualidade é muito maior que antigamente.

Mas o que são análises preditivas, afinal? De modo amplo, são sistemas que interpretam grandes volumes de dados históricos para identificar padrões e prever situações e tendências futuras. 

Essas análises têm como propósito entender com profundidade o que aconteceu ou está acontecendo para avaliar de forma mais certeira o que pode vir a acontecer mais para frente.

Através dessa tecnologia, a organização consegue se preparar para possíveis ameaças e aproveitar as oportunidades.

Por que as análises preditivas são importantes?

As análises preditivas são extremamente importantes e ajudam sua empresa a obter melhores resultados e se destacar dos concorrentes.

Confira algumas das vantagens dessa técnica!

Detecção de fraudes

As análises preditivas são importantes aliadas na hora de detectar fraudes e riscos. Ao identificar padrões, elas são capazes de otimizar o processo de prevenção de comportamentos criminosos.  Com isso, as empresas melhoram a segurança e evitam situações que podem gerar problemas futuros.

Aperfeiçoamento das estratégias de marketing

Na área de marketing, as análises preditivas são fundamentais. Elas são utilizadas para ajudar a “prever” com mais segurança o comportamento do consumidor. Desse modo, é possível ter um melhor entendimento sobre os clientes e fazer com que as ações de marketing atinjam o público certo, da maneira adequada e no momento correto. 

Alinhamento às demandas do mercado

Essas análises possibilitam que as organizações identifiquem quais são as demandas do mercado e se preparem antecipadamente para atendê-las. Com isso, conseguem adquirir vantagem competitiva.

Redução de riscos

As análises preditivas também ajudam a avaliar o grau de risco dos investimentos e das ações que a empresa busca realizar, e permitem reduzi-lo.

Previsão de Churn

A previsão de cancelamento é outra vantagem das análises preditivas. Assim, é possível entender todo o processo dos seus clientes e desenvolver estratégias e táticas para evitar cancelamentos futuros.

Como realizar análises preditivas

Depois de entender o que são análises preditivas e por que são importantes, você deve estar se perguntando como realizar essas análises de forma eficiente para o seu negócio.

Confira a seguir o que você precisa fazer para efetuar esse processo da melhor maneira!

Realize uma coleta de dados efetiva

A coleta de dados é um passo muito importante para as análises preditivas. Esse processo deve ser realizado de forma correta e eficiente para gerar análises relevantes e assertivas.

A quantidade de informações disponíveis hoje em dia é enorme, mas você precisa identificar quais são os dados mais relevantes para sua empresa naquele momento e focar neles.

Dessa forma, você fará uma coleta de dados mais efetiva e não perderá tempo coletando dados que não são necessários.

Organize os dados

Depois de efetuar a coleta das informações relevantes para o atual momento do seu negócio, você precisará organizá-las. Isso porque dados estruturados são muito mais fáceis de analisar.

Sendo assim, você terá que mover as informações para um lugar que facilite a visualização dessa grande quantidade de dados.

O Power BI e o Excel, por exemplo, são algumas ferramentas utilizadas para essa função. Através deles, é possível criar gráficos, tabelas, entre outros, e visualizar os dados de forma clara e organizada.

Analise as informações

Após coletar um grande volume de dados e organizá-los, você precisará analisar de fato essas informações.

Nesse estágio, você terá que interpretar os dados disponíveis, extrair insights e identificar quais são os comportamentos padrões. Assim, você conseguirá prever comportamentos futuros.

É fundamental que esse passo seja realizado com eficiência, para que as previsões sejam assertivas.

Utilize bases estatísticas

A estatística é o elemento central para análises preditivas confiáveis. São utilizadas duas técnicas: a Estatística Descritiva e a Estatística Inferencial.

A Estatística Descritiva busca resumir e descrever uma grande quantidade de dados, criando métricas de tendências e de variabilidade.

Já a Estatística Inferencial procura tirar conclusões de um grupo maior  a partir de uma parcela desse grupo.

Crie um modelo preditivo

Você também precisará criar um modelo preditivo. A partir disso, você conseguirá começar a ter ideias sobre os acontecimentos futuros.

Esse modelo consiste em juntar técnicas estatísticas às informações coletadas sobre o seu negócio. 

Assim, é possível criar um modelo de fácil visualização e acesso, que pode ser atualizado e aprimorado conforme novos dados são inseridos. 

Dessa forma, você conseguirá obter as respostas que deseja sobre a sua empresa.

Monitore os dados

Depois de seguir todas as etapas mencionadas, é muito importante que você faça um monitoramento constante dos dados e do modelo preditivo criado.

A partir disso, você conseguirá acompanhar seus resultados e modificar o que for preciso.

Assim, as suas chances de acerto serão muito maiores.

As análises preditivas são, portanto, fundamentais para qualquer empresa nos dias de hoje. O surgimento de novas tecnologias tornou esse processo muito mais eficiente, assertivo e seguro. Ao realizar essas análises, seu negócio consegue se destacar dos concorrentes e obter melhores resultados.

 

Gostou deste artigo? Não deixe de compartilhá-lo em suas redes sociais!

 

Deixe uma Resposta